Plano Diretor de Niterói

Não é fácil gerenciar uma cidade, saber dos desafios e das soluções que cabe às autoridades. Por isso, existe o Plano Diretor que nada mais é que um “manual” para gerir as cidades.

O Plano Diretor deve ser elaborado com a participação de toda a sociedade. Geralmente a participação social acontece através de audiências públicas e, em Niterói, este processo já começou.

O plano organiza o crescimento e o funcionamento do município. No Plano Diretor está a cidade que queremos, ele projeta o futuro da cidade de acordo com o que decidimos, incluindo questões relacionadas à mobilidade urbana.

Captura de Tela 2017-08-08 às 23.49.42.png
Hierarquia de prioridades / PMNU

O planejamento da mobilidade urbana deve estar em acordo com o Plano Diretor do Município conforme as diretrizes do Plano Nacional de Mobilidade Urbana / PNMU que garantem a prioridade dos modos ativos de transporte sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado e a integração entre os modos e serviços de transporte urbano.

O PNMU também busca consolidar a gestão democrática como instrumento e garantia da construção contínua do aprimoramento da mobilidade urbana.

img01.png

Plano Diretor pode ser definido como um conjunto de princípios e regras orientadoras da ação dos agentes que constroem e utilizam o espaço urbano. (BRASIL, 2002, p.40)

Portanto, o Plano Diretor é de inteira importância para o gerenciamento de uma cidade, pois é com ele que as autoridades definirão os rumos. Por isso a sua participação neste processo é fundamental!

fontes: Portal Eu Gestor |  Bicicleta nos Planos

 

PRÓXIMAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS (18h):

14/ago | Icaraí, Ingá, Santa Rosa, Jardim Icaraí e Vital Brazil / Ginásio do Caio Martins

21/ago | Charitas, São Francisco e Jurujuba / Paróquia São Francisco Xavier

28/ago | Várzea das Moças, Rio do Ouro e Muriqui / CIEP Djanira

04/set | Badu, Matapaca, Pendotiba e Vila Progresso / C. E. Emiliano Di Cavalcanti

11/set | Itaipu, Itacoatiara, Engenho do Mato, Santo Antônio, Maravista e Serra Grande / Colégio Estadual Alcina Rodrigues Lima

18/set | Sapê, Largo da Batalha e Maceió / Escola Municipal Levi Carneiro

25/set |Piratininga, Cafubá, Camboinhas e Jacaré / Colégio Itapuca

02/out | Câmara Municipal de Niterói

4 vantagens da bicicleta

vantagens

A BICICLETA oferece diversas vantagens não só para quem a utiliza, mas também para as cidades. Confira abaixo!

Vantagem da Bicicleta #1: A BICICLETA é muito eficiente nas cidades

Até 5 quilômetros, a bicicleta é o modo de transporte mais rápido em uma cidade, além de ser flexível, uma vez que você pode parar em (quase) qualquer lugar sem atrapalhar quem está andando e se locomovendo pela cidade de outras formas e em outros modos de transporte ou a pé.

Você pode deixar sua bicicleta próxima de você ao parar em um local para tomar cafézinho, por exemplo. Já pensou nisso?

Vantagem da Bicicleta #2: A BICICLETA reduz engarrafamentos

Hora do rush: motoristas impacientes e frustrados, usuários de ônibus presos no engarrafamento e desconfortáveis, pedestres sofrendo com carros parados em todos os lugares. Todo mundo precisando chegar a algum lugar. No horário!

Ruas e avenidas foram projetadas para receberem mais carros, mas o resultado, a cada ampliação viária, é sempre o mesmo: congestionamentos cada vez maiores.

Ônibus, trens e metrôs são substituídos, melhora-se a tecnologia, aumentam as linhas, mas na hora do rush o resultado é sempre o mesmo: pessoas espremidas, cansadas e precisando ir para algum lugar.

Um ciclo vicioso? Não para todos!

Pessoas em bicicletas usam uma pequena fração do espaço urbano gasto pelos carros e se movem mais facilmente nos congestionamentos. Ou seja, mais gente andando de bicicleta, menos carros parados nos congestionamentos e mais fluidez para o transporte coletivo.

Vantagem da Bicicleta #3: a BICICLETA dá autonomia às crianças e jovens 

Quem não gosta de traçar o próprio caminho e/ou fazê-lo com o próprio corpo, no tempo e velocidade que quiser? As crianças e jovens também gostam! Isso é parte do que chama-se de autonomia.

Há muitos anos, crianças e jovens iam ás escolas sozinhas, caminhando ou pedalando, mas elas continuam querendo fazer isso, embora não o façam. A principal razão para isso é a discrepância entre o desejo das crianças (de ir de um jeito mais divertido e dinâmico para a aula) e o desejo dos pais com relação á segurança das crianças.

Não por acaso e não somente por isso, no Brasil, um a cada dois adultos está obesa e uma a cada cinco crianças também. Andar e pedalar para a escola é uma forma de adultos e crianças mudarem esse cenário nacional.

Vantagem da Bicicleta #4: a BICICLETA democratiza o espaço urbano

Nas cidades, o espaço urbano está sempre em disputa: alguém quer usá-lo de alguma forma, por meio da construção de algo.

Ruas e estacionamentos para carros têm um altíssimo custo financeiro para os municípios, estados e para a União e também ocupam enormes parcelas do espaço público.

Vias para passar bicicletas e pessoas a pé custam muito menos para serem implementadas, além de ocuparem um espaço público muito menor. Ou seja, com mais pessoas pedalando nas ruas, espaços que antes eram ruas e avenidas poderão ser transformados em praças, parques, escolas, postos de saúde e outras tantas funções de fato necessárias para a vida em uma cidade.

Queremos saber: quais vantagens a bicicleta tem na sua vida!

Clique aqui para mais informações a respeito da campanha Bicicleta nas Eleições, uma realização da União de Ciclistas do Brasil (UCB).